Porquê?

Porque estou farto!

Porquê?

Porque sou professor desde o dia 2 de Outubro de 1978!

Farto de quê?

Farto de “postas de pescada” atiradas a esmo. Farto de pertencer ao grupo transformado em bombo da festa, aguilhoado, para o matadouro. Farto de expressões seráficas disfarçando mal um cinismo arrepiante (o termo deveria ser outro, mas evitemos, ainda, o vernáculo!). Farto de protestos de imensa estima pelos professores, mas por aqueles que merecem. Tendo vergonha que possam pensar que faço, ou quero fazer, parte desses que merecem. Porque, muito sinceramente, e não me julgando uma pessoa melhor que a média, SEI que sou melhor que esses seres seráficos – o que não nada é difícil, senhores! Ser pior é que seria complicado. implicaria rastejar na lama da infâmia, e gostar!

O que é demais aborrece.

Estou muito, muito farto.

Vejo-me a aconselhar os meus filhos a procurarem futuro longe desta vergonha, o que considerava impossível desde que me pude rever num país livre. Vejo-me a pensar seguir os passos de familiares que, já tarde, o fizeram. Para longe. Que ninguém gosta de esgotos. Ninguém? Se calhar estou enganado.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: